http://www.ingridaleixo.com.br/search/label/Beleza http://www.ingridaleixo.com.br/search/label/Cabelos http://www.ingridaleixo.com.br/search/label/DIY http://www.ingridaleixo.com.br/search/label/%23projetoingridmagra http://www.ingridaleixo.com.br/search/label/Decora%C3%A7%C3%A3o http://www.ingridaleixo.com.br/search/label/Look%20do%20Dia  http://www.ingridaleixo.com.br/search/label/Dicas%20de%20make  http://www.ingridaleixo.com.br/search/label/Moda https://www.youtube.com/user/semprelindamakeup

A organização da cômoda do bebê

Já comentei no meu blog que meus três filhos dormem no mesmo quarto. O Bernardo (4 anos), o Tomás (2 anos) e a Nina (7 meses) dormem todos no mesmo cômodo. Eu, pessoalmente, acho que não ficou apertado. São duas mini-camas, um berço e duas cômodas. Nas cômodas eu guardo as roupas e produtos de higiene. As outras coisas (roupa de cama, toalha, fraldas, panos etc) eu guardo no armário embutido do quarto mesmo. Hoje vou mostrar a cômoda da bebê:
Tentei botar essa visão geral da cômoda da Nina para tentar explicar melhor. Em cima da cômoda fica o kit higiene, o trocador e alguns produtos de higiene. Atrás da cômoda, na parede, eu colei uns adesivos e também pendurei a porta de maternidade. As gavetas eu tive que travar, se não o Tomás abre e bagunça tudo. Usei essas travas aqui e tem funcionado muito bem! Na porta da cômoda tem um cabideiro, onde eu penduro os vestidos dela e guardo os sapatinhos.
Agora vamos ver as gavetas:
Na primeira gaveta eu coloquei tudo que não é roupa: pomada, termômetro, meia, faixa... tudo isso! Aí também algumas coisinhas que quase nunca uso (e algumas que eu nunca usei) mas ficam próximas caso eu precise, tipo controle remoto do móbile, remédio para cólica etc. Achei melhor separar tudo em organizadores, mas não é nada muito complexo.
Na segunda gaveta guardo os bodies da Nina, tanto os de frio quanto os de calor. Essa é a peça de roupa que ela mais usa (e mais suja!) então tenho vários. Nessa gaveta ainda deu espaço para deixar os brinquedinhos, naninhas e tal.
Na terceira gaveta guardo os macacões, casaquinhos, camisetas e leggings. A Nina mudou do tamanho 3 para 0 6 (meses), então existem mais algumas leggings e camisetas que não estão na foto.
É isso, gente! Espero que tenha dado para ter uma ideia da organização 
não tão organizada da cômoda da bebê! O estilo de vida e a quantidade de coisas que o bebê tem varia muito de família para família, então o essencial é tornar tudo o mais prático possível para o dia-a-dia. Foi isso que eu fiz aqui :) Beijos!

Amamentação exclusiva - A minha experiência

Nessa gravidez, mais do que no tipo de parto que eu teria, eu pensei muito na amamentação. Das outras vezes eu amamentei os bebês sim. Mas não consegui amamentar exclusivamente pelos seis primeiros meses. Com o Bernardo eu simplesmente não sei (digo, não lembro) o que eu aconteceu, mas ele começou a tomar complemento além do meu leite e aos cinco meses começou a comer. Com o Tomás a experiência foi um pouco diferente: ele teve alta do hospital quando nasceu mas eu não. Eu fui para a UTI e ele passou a tomar complemento já nos primeiros dias de vida. Depois que saí do hospital, alguns dias depois, ele começou a mamar sem problemas.
Não estou julgando quem não amamentou por um ou outro motivo, mas era uma coisa que eu realmente queria fazer. E hoje, com a Nina quase completando sete meses, sei que eu consegui. Claro que é a primeira etapa e que eu pretendo amamentá-la por muito tempo ainda, mas eu me senti realizada :) Vou então contar aqui a minha experiência com a amamentação exclusiva.
Nas primeiras duas vezes que amamentei (o Bernardo e o Tomás, dois períodos de tempo diferentes) eu senti MUITA dor nas primeiras duas semanas e meus mamilos racharam. Isso é muito chato, principalmente considerando a privação de sono. Dessa vez quis me sentir preparada caso isso acontecesse.
Aproveitei que consegui fazer o enxoval nos Estados Unidos (contei um pouco sobre isso aqui) e investi até bastante nos produtinhos para a amamentação. Comprei uma bombinha nova (a manual da Medela), a tão famosa pomada de lanolina da Lansinoh, umas almofadas de gel (que podem ser usadas quentes ou frias) também da Lansinoh, almofada de amamentação Boppy, cilindros para armazenar leite da Medela, saquinhos para armazenar leite da Lansinoh e por aqui comprei os absorventes de seios da Cremer e uns pads de gel Mamare. Mas a realidade foi que alguns desses produtos não fizeram nenhuma diferença! As almofadas de gel eu só usei uma vez, a almofada de amamentação não foi muito usada também e os frascos de leite ocuparam muito espaço no meu congelador!
Dessa vez eu não tive problema algum com aquele início da amamentação. Quer dizer... só aquelas cólicas nas primeiras duas semanas. Mas não tive dor nos seios, empedramento ou fissuras. Então nem usei aqueles pads de gel (Mamare) que mencionei lá em cima, mas eles me ajudaram muito nas amamentações (isso existe, gente? hehehe) anteriores. Acho que o ajudou bastante para prevenir essas fissuras foi a pomada da Lansinoh, mas também me acostumei a passar o próprio leite no bico do seio, então não posso dizer com toda a certeza. A bombinha de leite, como nas duas outras vezes, foi fundamental, principalmente para ajudar a aliviar quando o leite se acumulava. Os saquinhos para armazenar leite também foram de grande ajuda: além de tirar leite para doar, eu também quis fazer um estoque para a própria Nina (essa era eu vislumbrando um vale night nos primeiros seis meses de vida dela). Como eu sempre tive muito leite, passei os primeiros dois meses de amamentação usando sempre os absorventes para seios e adorei esses da Cremer porque eles tem um adesivo dentro que a ajuda a fixar o absorvente no seu sutiã. Só que mais do que todos esses produtos, foram as dicas mais simples as que realmente me ajudaram: beber MUITA água dormir (descansar) o máximo possível. Sempre que podia também comia um potinho de frutas enquanto amamentava (me dava muuuita vontade) e como eu adoro chá, tomei esse da Weleda. Observação: Esse chá diz que ajuda na produção de leite, mas eu imagino que seja porque a mulher acaba ingerindo água junto com o chá, né? De qualquer forma esse chá me ajudou na hora matar a vontade de chá, hahaha!
Queria dizer que escolhi amamentar a Nina em livre demanda (em oposição àquela rotina de amamentação de 3 em 3 horas), o que significa que ela mamou (e mama) na hora que quiser. E também, já no final da gestação, cortei alguns alimentos que eu queria evitar durante a amamentação: leite (e seus derivados) e glúten. Evitei porque os meus filhos são alérgicos e porque eu temia que ela tivesse cólicas (o que ela não teve). Quem quiser saber mais sobre esses detalhes, me avisa! Aí eu faço posts só sobre isso ;)
Amamentar pra mim é muito mais do que considerar a parte nutricional, que é super importante. Pra mim é aquele momento inexplicável entre a mãe e bebê, aquela ligação tão clichê. <3 Claro que muitas vezes eu amamento fazendo outra coisa (oi, instagram!), mas também muitas vezes perco a noção do tempo só olhando pra Nina mamando!
Se você está no começo da amamentação ou vai começar em breve, só digo uma coisa: é difícil, como muitas coisas pelas quais que passamos ao termos um bebê, mas vale MUITO a pena!


Look do Dia: 6 Meses

POR: Ingrid Aleixo


Oi meus amores! Tudo bem?
O Look do Dia é novamente com a minha princesinha. 
Ela completou 6 meses no último dia 17 e como todo mês fazemos um bolinho, dessa vez trouxe algumas fotos para vocês. 
[cool]Espero que gostem!

As Fotos foram feitas pelo Papai FÁBIO GÓES, o bolo feito pela Vovó Silvia e o Look do Dia foi presente da titia Goretti.



Blusa: C&A / Short: C&A/  Sandália: Pimpolho / Tiara: Dona Menininha 

Gostaram do look, amores?!

Abaixo, algumas fotos do dia ;)






A lancheira infantil e seus acessórios

Todo ano é bom parar para pensar se os lanches que seu filho leva para escola são saudáveis o suficiente, certo? Os bons hábitos de alimentação começam na infância e se a criança já não come bem, pode se tornar um adulto com problemas de saúde. Mas isso todo mundo sabe, né?  Complicado mesmo é organizar um cardápio semanal de lanches para a escola e fazer com que a criança se interesse por aquele tipo de comida. Eu não sou conhecedora de uma verdade universal que faça toda criança mudar de gosto instantaneamente, mas juntei aqui algumas dicas para ajudar no processo. Vamos lá?
MONTE UM LANCHE BALANCEADO!  A dica é seguir uma fórmula: proteína + carboidrato + fibra + água, suco ou chá (hidratar). É bom evitar industrializados, principalmente os que contém quantidades altas de sódio e de açúcar. Respeitando essas regras (e usando a fórmula) é possível montar várias opções de lanche saudável. Por aqui eu não uso pão integral nem nada que contenha leite (por causa das restrições alimentares dos meninos), mas sanduíche e iogurte são ótimas opções. É bom lembrar que não existe a super necessidade de mandar sempre suco. Se não conseguir suco natural ou de polpa, mande um chá caseiro (sem cafeína e açúcar de preferencia) ou até água (não tem coisa melhor).
TORNE A COMIDA DIVERTIDA! Descobri aqui em casa uma solução para o nariz torcido na hora de comer: tentar chamar a atenção dos meninos tornando a comida divertida. Na aparência mesmo. Usar cortadores, forminhas, palitinhos... tudo isso vai fazer a criança se interessar por aquilo que está vendo. Uma dica legal é usar um pote que tenha divisórias, porque além da praticidade de separar tipos diferentes de comida, cria um visual  legal para a criança apreciar.
FIQUE ATENTA À CONSERVAÇÃO DOS ALIMENTOS! É importante prestar atenção se o lanche será conservado corretamente. Prefira lancheiras e garrafas térmicas (escuras de preferencia, para o suco nao oxidar). Caso você decida montar um lanche com gelatina ou frutas já partidas é interessante colocar um gelinho reutilizável dentro da lancheira. 
Espero que o post ajude! Um beijo

Look Despojado


POR: Carolina Gonçalves

Oi gente, meu post de hoje foi pensando em algo descolado e de total conforto e perfeito para o final de semana! Blusa larga, short rasgado com aplicações de caveirinhas e é claro o meu mais novo investimento, o sneaker da Esdra, perfeito!!! 
Estou apaixonada, rsrsrs
Funcionou bem o look, não acham? 


Curtiram?

Blusa // Espaço Fashion
Short // Yexx
Bag // Carmim
Seneaker // Esdra
Cinto // 28
Ócilos // Ray Ban




Resenha: Vitamins Argan

POR: Ingrid Aleixo

Oi meus amores!!!
Já faz um tempinho que postei uma foto no Instagram, falando que havia recebido do site ISRAEL COMPRAS, uns produtos novos para testar. Trata-se da linha de Argan, da marca VITAMINS.

"Vitamins é uma empresa israelense especializada em cosméticos feitos à base de Óleo de Argan, no mercado há mais de 40 anos. Possui uma linha completa de produtos cosméticos com Óleo de Argan para o cabelo e o corpo. Situada no centro de Israel, é uma das pioneiras a criar e vender o óleo de argan marroquino".


Usei por um tempinho para poder falar com vocês.
Vamos saber o que achei???



SHAMPOO: Tem um cheiro maravilhoso! Rende muitoooooo e deixa o cabelo super solto e macio. Confesso que na primeira lavagem eu já senti uma diferença no cabelo. Claro que nada de extraordinário, até porque não é milagre. Mas quando o cabelo está muito estragado (como o meu estava), dá pra perceber a diferença.

MÁSCARA: Consistência super firme e um cheiro incrível. Eu realmente estou adorando o efeito. Deixa o cabelo com um brilho maravilhoso, uma sedosidade incrível. Já estava usando antes de pintar o cabelo novamente e usei logo após aplicar a tinta. O efeito é ainda melhor!!! A tinta resseca um pouco e deixa o cabelo áspero. Mas quando apliquei a máscara, o cabelo ficou mole! Quando sequei, o brilho era incrível!

Vou gravar um vídeo falando sobre os produtos da marca e explicando tudinho como estou usando.


Todos os produtos da linha, vocês encontram na loja ISRAEL COMPRAS (Clicando aqui).

Super recomendo e indico a loja! De total confiança.
AGUARDEM O VÍDEO! MOSTRAREI O CABELO COM DETALHES E FALAREI MELHOR DA LINHA!




*Post Patrocinado

Especial Dia das Mães

POR: Ingrid Aleixo

Hoje é um dia mais que especial pra mim, pois é o dia que eu sempre sonhei vivenciar: DIA DAS MÃES!!!
Sempre fui louca para ser mãe e poder viver tudo que estou vivendo agora. É uma realização e uma felicidade que nem consigo expressar em palavras.

O sonho de ser MÃE tornou-se concreto em minha vida e posso dizer com plena convicção de que hoje sou uma mulher realizada!
Fui abençoada com a minha tão sonhada princesa no dia 17/11/2013 e posso dizer que foi o dia mais feliz da minha vida.



Depois do nascimento da Yasmin, todos os dias são mais e mais felizes. A maravilhosa sensação de não saber fazer nada, o medo de errar... Tudo isso faz parte do incrível mundo que é SER MÃE!
Todos os dias uma nova descoberta, um novo aprendizado, uma nova experiência. É mais que maravilhoso, é algo sublime, DIVINO!!!
Cada novo amanhecer, um novo olhar, um novo sorriso, um novo gesto que nos deixa cada dia mais apaixonadas e bobonas! rsrsrs 
Quero agradecer a Deus por ter me proporcionado essa bênção e por me permitir viver este dia, ao lado da minha boneca.


Eu não poderia estar mais feliz e realizada! Yasmin é o maior e melhor presente que Deus poderia me confiar. 
 TE AMO, PRINCESA!!!

Quero agradecer o carinho de todos vocês, que desde o comecinho que acompanham e babam junto comigo por essa princesinha abençoada e linda!
Prometo fazer um post de como foi o meu primeiro DIA DAS MÃES!!!


Mas... eu não poderia esquecer de alguém que desde sempre esteve ao meu lado e se faz cada dia mais presente em minha vida e na vida de Yasmin.
MÃE... sou muito abençoada por ter você como mãe e amo demais ser sua filha! Obrigada por todos os nossos momentos juntas e por tudo que você fez, faz e ainda fará por mim...
EU TE AMO MUITO!!!


Um beijo enorme e um maravilhoso DIA DAS MÃES para todas vocês!!!!


Acessórios para o Cabelo!


POR: Carolina Gonçalves



Bom dia meninas!
Um simples rabo de cavalo ou coque pode se transformar num penteado super charmoso, basta saber incrementar. Tiaras, presilhas, broches… são alguns acessórios que acrescentam charme ao cabelo.

Desde looks mais simples, como jeans e camiseta, até produções mais elaboradas, qualquer ocasião pede um carinho a mais, uma atenção a mais no penteado não é? E é tão simples, não custa nada tentar ficar mais linda! Haha

E aí meninas, que tal tentar sair do básico?